Estudo indica benefícios da Cannabis ao intestino

Estudo indica benefícios da Cannabis ao intestino

Cientistas da Universidade de Massachusetts e da Universidade de Bath (EUA) conseguiram identificar os motivos de a Cannabis aliviar os sintomas de doenças inflamatórias intestinais, como a doença de Crohn e a Retocolite Ulcerativa.

O estudo descobriu dois processos que controlam as inflamações. Um deles é uma resposta agressiva do próprio organismo a perigos, como micro-organismos. O outro ponto envolve a Cannabis: a ação dos endocanabinoides cessa as inflamações, algo que, acreditam os cientistas, ocorre também quando a pessoa utiliza a planta.

“Nós só avaliamos isso em ratos, ainda não provamos se o processo é o mesmo em humanos”, explicou o professor Randy Mrsny, que participou do levantamento.

Beth McCormick, líder da pesquisa, ressaltou a importância do embasamento científico.

“Muito se fala sobre os benefícios da cannabis medicinal, mas há pouca ciência por trás”, disse.

No Brasil, o atraso da regulamentação da Anvisa dificulta a realização de pesquisas, na medida em que ainda não existem regras claras sobre o cultivo e manipulação da planta para estudos.

“A regulação facilitaria o trabalho dos pesquisadores. Hoje, para fazer pesquisa é preciso importar. A importação da matéria-prima bruta, ou seja, a cannabis in natura, enfrenta uma regulação internacional mais complexa “, disse Ivo Bucaresky, representante da canadense MedReleaf.

Operacional INDEOV